filocriatividade

Imagine um ginásio onde se pratica a flexibilidade, a resistência, a força e a agilidade – do pensamento.

Numa oficina de Filosofia (para / com crianças e jovens) treinamos o pensamento crítico e criativo, o pensamento cuidadoso e colaborativo.

O projecto filocriatividade tem o reconhecimento Chaire UNESCO Pratiques de la Philosophie avec les enfants

para receber as novidades
ideias da filocriatividade
o que são oficinas filocriatividade
ideia filocriatividade
ideia filocriatividade

o que são as oficinas de Filosofia?

As oficinas de Filosofia são adaptadas às idades dos seus participantes. Começam com uma provocação filosófica: um jogo, um excerto de um texto, um livro, um vídeo ou uma pergunta.

A partir daí, constroem-se condições para o diálogo, estabelecendo algumas regras. Por exemplo: para falar, pedimos a palavra e colocamos o braço no ar. Fala uma pessoa de cada vez, colocando em prática a escuta. 

É possível encontrar vários registos das oficinas (online e presenciais pesquisando nas redes sociais:  #filocri.

Consulte a agenda filocriatividade AQUI.

o que faço?

centros de estudos bibliotecas serviços filocriatividade
centros de estudo e bibliotecas

Oficinas de filosofia e criatividade, para crianças (a partir dos 4 anos) e jovens. Os participantes são agrupados em faixas etárias ou de ano de escolaridade.

[Presenciais ou online]

oficinas nas escolas serviços filocriatividade
oficinas nas escolas

Oficinas de filosofia e criatividade pensadas para turmas, no jardim de infância, bem como nos 1.º, 2.º e 3.º ciclos

[Presenciais ou online]

perguntas em família serviços filocriatividade
perguntas em família

Oficinas nas quais a criança é acompanhada por um adulto: o pai ou a mãe, o avô ou a avô, os irmãos mais velhos, a madrinha ou o padrinho.

[Presenciais ou online]

ações de formação serviços filocriatividade
acções de formação

Oficinas ou cursos de curta e longa duração para aprender o que é a Filosofia para crianças,  e como se faz. Para professores, educadores e outros agentes educativos.

[Presenciais ou online]

cafes filosóficos serviços filocriatividade
cafés filosóficos

Trata-se de um actividade pensada para os mais crescidos. A premissa é aceitar o desafio de parar para pensar. Tudo começa com uma pergunta.

[Presenciais ou online]

pensamento criativo serviços filocriatividade
pensamento criativo

Cursos onde é possível aprender e praticar a criatividade. Para crianças, para jovens e também para os mais crescidos.

[Presenciais ou online]

como acontece a filosofia?

o que dizem sobre as oficinas #filocri?

Em 2009 a Filosofia chegou às crianças de Portalegre pelas mãos da Joana. E se já antes eu era uma convicta da urgência de ensinar a saber pensar, depois de assistir a esta oficina, percebi como é vital que as nossas crianças saibam pensar “out of the box”, que vejam o mundo de outras perspectivas, de outras voz…es, de outras mentes.

O pensamento pode ser de muitas cores e a Joana tem os lápis certos para ajudar as crianças a pintar esse pensamento!

Fiquei com pena de não conseguir montar uma Escola de Filosofia em Portalegre, fiquei com pena de não poder levar a Joana para casa para me ensinar a promover diariamente o que ela promove numa hora.

Ana Cila
Mãe

A Biblioteca Municipal de Faro “António Ramos Rosa” acolheu em janeiro de 2020 o projeto FiliocriatiVIDAdade com as oficinas da Joana Rita de Sousa. Foram dinamizadas atividades de FILOSOFIA para alunos de 3º ano do Ensino Básico, uma oficina para adultos (pais e educadores) e uma sessão para pais e filhos. Trata-se de uma temática pouco abordada junto das crianças e por isso um desafio para os adultos que se propõem dinamizar estas ações. Acompanhei a Joana durante as atividades e através das dinâmicas criadas é possível que as crianças vejam o mundo de uma forma diferente, questionem, saindo da sua zona de conforto, desenvolvendo o espírito crítico. No final das sessões todos descobrem qual a principal ação de quem quer filosofar: PERGUNTAR!

Fátima Monteiro Bento
Serviço de Extensão Cultural da Biblioteca Municipal de Faro

Gosto de pensar sobre o mundo e gosto de pensar com outras pessoas. As oficinas de formação na área da filosofia para/com crianças e os cafés filosóficos em que tenho participado, sob a dinamização da Joana Rita Sousa, têm constituído um exercício continuado e estruturado de pensamento crítico e criativo. Organizam-se em torno de desafios que nos são constantemente colocados, com grau de complexidade variável, e com uma componente de jogo que é motivadora e, muitas vezes, inovadora. Não menos importante que estas dimensões, a postura da Joana tem evidenciado que a atividade individual deste exercício de pensar se revela tão importante como a ação coletiva do grupo, numa atitude de participação que ‘vive’ do contraditório das ideias de cada um mas que cuida e promove o respeito por cada pessoa. Reconheço ganhos pessoais e profissionais nesta prática de filosofia para não filósofos.

Margarida Costa
Educadora de Infância

Temos muito orgulho em ter a Joana Rita Sousa na nossa equipa. 

Não é só a aura, é também o rigor positivo que coloca na abordagem aos outros e às suas ideias e opiniões que nos faz desejar tê-la na equipa de produtores da Rádio Miúdos todos os dias.

Trazer a filosofia para a rádio foi uma ideia síncrona. Nós queriamos o tema falado na rádio e a Joana respondeu exatamente ao que tinhamos imaginado – abordar a filosofia, história e concepções, de uma forma discreta e surpreendentemente divertida – como filosofia para miúdos.

Nos seus programas, sempre conversados com uma equipa de miúdos em direto no estúdio, despertamos para as ideias através das opiniões dos participantes, sem paternalismos ou julgamentos, sem orientações ou “proselitismos”.

“Filosofia é coisa para miúdos” é um programa semanal que está no ar há quase cinco anos na emissão da Rádio Miúdos e tem um selo inconfundível da profundidade escondida que a Joana lhe imprime – traçar nos miúdos a curiosidade pelo entendimento do mundo.

E se fosse por nós, o programa da Joana seria não semanal, mas diário, porque fundamental na nossa programação

Obrigado, Joana!

João Pedro
Coordenador de Produção da Rádio Miúdos

O trabalho que Joana Rita Sousa desenvolve na área da Filosofia para crianças, constitui um importante contributo para a oferta pedagógica do IMAGINA- Festival de Artes para os Mais Novos, produzido pela Inestética- Associação Cultural de Novas Ideias, que tem por base o conceito Arte e Pensamento. 

O IMAGINA é um festival que cruza Artes Performativas e as Artes Visuais com outras disciplinas do conhecimento, como Filosofia e Ciência, com o objectivo de despertar nos mais jovens a curiosidade e a consciência de que a criação artística e a Arte estão, e sempre estiveram, ligadas ao pensamento, ao exercício de observar, questionar, interpretar e representar o mundo nas suas mais diversas dimensões.

A importância da Filosofia neste processo é inquestionável, enquanto disciplina essencial no desenvolvimento da observação, criatividade e pensamento crítico. Uma vez que a Filosofia é uma disciplina que só entra no sistema de ensino a partir do 10° ano, as oficinas de filosofia para crianças orientadas pela Joana Rita Sousa, são uma forma inovadora dos mais jovens poderem  experimentar e tomar conhecimento de uma disciplina que lhes é desconhecida, mas que consideramos muito importante para a sua formação.

Rita Leite
Produtora na Inestética | Associação Cultural de Novas Ideias

A Joana Rita Sousa colaborou connosco num conjunto de oficinas que abrangeu 6 turmas de 2º ciclo do Agrupamento de Escolas de Alcanena. Iniciámos uma colaboração regular com este agrupamento de escolas, sob o mote “O Antropoceno das Crianças”, que teve vários formatos desde a primeira edição, em 2018.

No caso da Joana, a proposta era utilizar um dispositivo criado no ano lectivo anterior, uma manta preta de flanela, para estender no chão da sala de trabalho, cheia de bolsos com propostas a escolher pelas crianças, em várias áreas, do movimento, às artes plásticas e à filosofia. A Joana agarrou com entusiasmo a dimensão lúdica e misteriosa da manta, trazendo para alguns dos bolsos propostas de reflexão no âmbito da filosofia, a partir de perguntas directas e muito sugestivas, como “O que gostaria de esconder?” ou “O que gostaria de guardar?”.

As sessões permitiram o bom envolvimento das turmas chegando, quase sempre, mesmo aos mais distraídos ou irrequietos. Há um sentido de humor aliado ao questionamento constante com as crianças que a Joana consegue segurar do início ao fim das sessões. Com uma dimensão lúdica muito forte e uma relação sempre horizontal, foi muito prazeroso ver as crianças tomarem o seu tempo para compreender como fazer perguntas, como fazer afirmações, como dar exemplos ou como apresentar ideias. Não é tudo a mesma coisa, e houve uma procura de rigor que nos parece uma excelente introdução à filosofia.

Foi particularmente tocante observar a integração orgânica de Língua Gestual Portuguesa, que seguramente muitas crianças não vão esquecer, e o respeito pela identidade de cada grupo na condução de cada sessão. Assim, cada sessão foi diferente, de acordo com as dinâmicas do grupo, as perguntas e respostas avançadas.

Elisabete Paiva
Directora Artística na Materiais Diversos

A Joana consegue cativar todos os alunos com o seu sorriso e a sua presença. Assim que chega a uma sala, esta enche-se de curiosidades e muitas questões no quadro.

As tutorias são repletas de aprendizagens, com muitas cores e esquemas.Os alunos adoram-na!

Patrícia Almeida
Coordenadora Pedagógica no Ginásio da Educação Da Vinci (Odivelas)

As oficinas de filocriatividade desenvolvidas pela Joana Rita Sousa são momentos de reflexão em grupo sobre diversas temáticas da sociedade, que graças às técnicas criativas caminham para pensamentos críticos. O desenrolar das oficinas, tanto para crianças como para adultos, levam a mais perguntas, e cada vez com mais pontos de interrogação, o que exercita a vontade de ir mais longe nesta reflexão comunitária.

participante nas oficinas de Filosofia da Biblioteca Manuel Alegre
em Águeda

O trabalho que a Filósofa Joana Rita Sousa desenvolveu com a equipa da Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV) foi essencial para nos (re)lembrar que, nas interações com as crianças, o diálogo e as perguntas são ferramentas essenciais para que novas ideias possam surgir, para estimularmos o pensamento crítico e reflexivo.  Na verdade, isto também é válido com as pessoas adultas! Em concreto, no caso das crianças, a proposta formativa dinamizada pela Joana veio contribuir para a capacitação de técnicos e técnicas na APAV, tendo em vista o desenvolvimento das suas competências técnicas para uma comunicação mais eficaz com crianças. Esta última constitui passo ou etapa chave no atendimento a crianças vítimas de crime e violência, sendo igualmente fundamental para a dinamização de iniciativas de sensibilização e de atividades de prevenção da violência junto deste grupo-alvo.

 

A Joana, que conjuga com mestria modelos teóricos e as ferramentas práticas, teve a generosidade de partilhar connosco a sua experiência no terreno, um elemento tão essencial e diferenciador num contexto formativo. Como temos sérias suspeitas que ainda tem muito mais para partilhar, desejamos que esta interação se volte a repetir.

Rosa Saavedra
assessora técnica da Direcção / senior adviser, APAV - Associação de Apoio à Vítima
joana rita sousa filocriatividade

olá, eu sou a Joana!

Sou licenciada em Filosofia pela FCH da Universidade Católica. Desde 2008 que viajo pelo país promovendo oficinas de pensamento crítico e criativo. Em 2011 passei pela Escola Portuguesa de Moçambique, em Maputo, para ministrar formação a professores e educadores. Em 2019 concluí o mestrado em Filosofia para Crianças, com a defesa da dissertação: Queres saber? Pergunta. (UAc).

Professora e oradora

Colaboro com a equipa de docentes da Pós-Graduação em Filosofia para Crianças da Universidade Católica, assegurando duas cadeiras: Metodologias e Pensamento Crítico e Criativo. Já fui oradora numa TEDx talk.

Membro e Fundadora

Membro honorário da Federação Mexicana de Filosofia para Crianças, da Sociedade Portuguesa de Filosofia, da Sophia Network e do The International Council of Philosophy Inquiry with Children (ICPIC). Sou co-fundadora dos encontros Sentir Pensamentos | Pensar Sentidos.

“Falar a sorrir”

Além de ser certificada e mestre em Filosofia para Crianças, continuo a investir na minha formação nesta área. Este é um tema que verdadeiramente me fascina. A Filosofia faz-me “falar a sorrir” (como disse a Mia).

vamos fazer acontecer a filosofia?
contacte-me para saber mais sobre as oficinas presenciais ou online
[email protected]joana 1 filosofia para crianças e jovens

subscreva a newsletter para receber a agenda e as novidades #filocri

Subscrever

para ler no blog

Criado em 2006, o blog filocriatividade – filosofia para crianças e criatividade dedica-se à divulgação de oficinas e eventos relacionados com a filosofia para crianças, em Portugal e no mundo.

Loading RSS Feed


with ❤️ .is/ActiveMedia

Privacy Settings
We use cookies to enhance your experience while using our website. If you are using our Services via a browser you can restrict, block or remove cookies through your web browser settings. We also use content and scripts from third parties that may use tracking technologies. You can selectively provide your consent below to allow such third party embeds. For complete information about the cookies we use, data we collect and how we process them, please check our Privacy Policy
Youtube
Consent to display content from Youtube
Vimeo
Consent to display content from Vimeo
Google Maps
Consent to display content from Google